Objetivo


quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

A NECESSIDADE DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Muita gente está indo aos postos da Previdência pedir
aposentadoria. Isto mostra falta de informação, porque
os que estão no sistema não sofrerão  com esta reforma .
Em vários países europeus os governos estão às voltas com reformas da Previdência tendo em vista que muitos privilégios conseguidos pelos trabalhadores e funcionários públicos através dos anos,  se transformaram num peso muito alto para suas finanças. Estas reformas estão sendo feitas aos poucos e sempre com muitos protestos dos que não aceitam perder privilégios. Só que os privilégios serão cortados, principalmente para futuros trabalhadores e funcionários, que venham a entrar no sistema ou no mercado de trabalho.
Aqui já houveram reformas nos governos de Fernando Henrique Cardoso e mesmo do Lula , e certamente vão ocorrer outras reformas nos próximos governos. Isto porque é sempre difícil cortar privilégios, mesmo para futuros privilegiados, e os governos evitam realizar reformas porque é uma atitude , embora  necessária, muito impopular.
Por estas razões , é importante que o governo Temer consiga promover esta reforma da Previdência , mesmo não sendo a ideal, porque ele não está preocupado com a popularidade, porque não será candidato a nada. O que não justifica é o PSDB ficar defendendo privilégios do funcionalismo público. Acho que é um tiro no pé. Os tucanos desde o surgimento do partido que voam baixo, e agora parece que querem trocar o seu voo baixo pelo da galinha.  Pior ainda.
Muitos argumentam que os devedores da Previdência devem bilhões e não pagam. É verdade que devem bilhões , mas todas estas dívidas estão judicializadas e dependem do andamento dos processos na Justiça, que é lenta, e a legislação permite múltiplos recursos. Com isto,os prazos demoram muito e dá uma sensação de impunidade,e de que não vão pagar nunca. 

DEVEDORES 

Os dez maiores devedores são:Varig - Dívida de R$ 3,891 bilhões ; JBS - R$ 2,395 bilhões; Vasp - R$ 1,916 bilhão ;Associação Educacional Luterana do Brasil - R$ 1,783 bilhão ;Transbrasil - R$ 1,319 bilhão; Marfrig - R$ 1,162 bilhão ;Instituto Candango de Solidariedade - R$ 851 milhões ;Instituto Presbiteriano Mackenzie - R$ 789 milhões ;Fundação Universidade de Caxias do Sul - R$ 748 milhões ;Teka - R$ 743 milhões .
Outros dizem que a Previdência não é deficitária. Claro que é . Só em 2016, a Previdência Social registrou um déficit de R$ 151,9 bilhões, crescimento de 59,7% em relação a 2015 – números atualizados pelo INPC. Enquanto a população vai envelhecendo e aumenta a expectativa de vida do brasileiro a Previdência vai expandindo o seu déficit.
Até uma CPI na Câmara Federal chegou a conclusão de que a Previdência não é deficitária.O relator da CPI da Previdência, o senador Hélio José (Pros-DF), apresentou  o relatório final da comissão em outubro deste ano , que investigou as contas de seguro social do país. O texto declara que "tecnicamente, é possível afirmar com convicção que inexiste deficit da Previdência Social ou da Seguridade Social". 
No entanto , muitos economistas e estudiosos atestam em sua grande maioria que a Previdência é deficitária, e uma pequena minoria nega. Este debate é importante . Mas, algo tem que ser feito para que os aposentados brasileiros não deixem de receber os seus proventos nos próximos anos.

Postar um comentário